Abraçados com o diabo

Fazer aliança com homens movidos por demônios não converte esses homens, jamais. Pelo contrário, como toda aliança pressupõe um acordo, e todo acordo é uma cessão mútua, no fim das contas quem se une a pessoas guiadas pelo mal terá que ceder algo para o diabo. E nisso, certamente, o único ganhador será o Inferno. 

Grande ilusão esta de acreditar que é possível alguma aliança com os grupos deste mundo. Há cristãos que, penso eu, sinceramente creem que podem influenciar positivamente as pessoas dos altos postos do governo e da grande mídia do país.

O que tem acontecido, invariavelmente, porém, é se encontrarem em situações de constrangimento público e embaraço, por conta de perguntas tendenciosas feitas por jornalistas encomendados e junções forçadas com políticos de reputação comprometedora.
Quando ouço essas celebridades gospel falando cheias de esperança, acreditando que vão ser instrumentos de Deus para mudar a realidade do país, me compadeço da ingenuidade desses crentes. Eles, por ignorância política e cultural, veem os homens e mulheres do governo e da mídia apenas como pessoas espiritualmente ignorantes, mas que podem ser convencidas a qualquer momento pelo bom testemunho e pela demonstração de amor que eles, cristãos, eventualmente demonstrem.
O que esquecem é que esses mesmos homens e mulheres não são apenas ignorantes, mas intestinalmente comprometidos com tudo aquilo que milita contra os valores cristãos, contra a verdade de Deus. Assim, não há nenhum tipo de aliança possível. Os interesses que conduzem essas pessoas são inspirados diretamente das trevas. São objetivos guiados por principados e potestades demoníacas. E se nossa luta não é contra carne ou sangue, isso não nos obriga a nos unirmos aos que são movidos pelo capeta. Se um cristão deve estar atento para os poderes malignos que atuam por trás das pessoas, isso não significa que devem agir em parceria com essas mesmas pessoas.

Fazer aliança com homens movidos por demônios não converte esses homens, jamais. Pelo contrário, como toda aliança pressupõe um acordo, e todo acordo é uma cessão mútua, no fim das contas quem se une a pessoas guiadas pelo mal terá que ceder algo para o diabo. E nisso, certamente, o único ganhador será o Inferno.

Referências:

 
Fonte: Fábio Branco
Divulgação: Faça a Diferença!
Leitura recomendada: Dilma precisa de profetas e O homem em sua essência

, ,

  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: